Brasil Insurance propõe grupamento de ações e assembleia sobre contas de ex-diretores

quinta-feira, 27 de agosto de 2015 10:18 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Brasil Insurance anunciou nesta quinta-feira que vai propor aos acionistas grupamento de ações na proporção de 20 para uma para reduzir volatilidade dos papéis e se enquadrar no regulamento do Novo Mercado da BM&FBovespa que impede cotação abaixo de 1 real.

A companhia também vai submeter à assembleia de acionistas proposta de anulação de uma aprovação de contas de ex-diretores da empresa relativos ao exercício de 2014 após ter encontrado "contratos e instrumentos jurídicos que podem ser considerados

lesivos aos interesses da companhia".

A aprovação ocorreu no final de abril deste ano. A empresa, porém, afirma "não encontrou indícios de que as demonstrações financeiras relativas ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2014 estejam incorretas ou contenham qualquer vício, tendo refletido, inclusive, os prejuízos causados à companhia pelos ex-diretores".

As ações da empresa saltavam 4,6 por cento às 10h14, cotadas a 0,90 real, enquanto o Ibovespa mostrava ganho de 1,1 por cento.

(Por Alberto Alerigi Jr.)