Presidente da Adidas não vê crise na China, diz jornal

quinta-feira, 27 de agosto de 2015 10:28 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - A companhia de artigos esportivos alemã Adidas não está experimentando nenhuma desaceleração na China, informou o jornal alemão Frankfurter Allgemeine Zeitung (FAZ) nesta quinta-feira, citando o presidente-executivo da empresa, Herbert Hainer, após viagem ao país asiático.

Os mercados globais caíram no começo desta semana com as ações de Xangai despencando, alimentando temores sobre a saúde econômica da China e os potenciais efeitos em companhias que contam com o país como um importante mercado de exportação.

O presidente-executivo da Adidas, entretanto, disse ao jornal que sua companhia está se provando resiliente frente à crise econômica.

"Não estamos sentindo nenhuma crise na China", disse o jornal nesta quinta-feira atribuindo a Hainer as aspas.

Hainer disse ainda que consumidores na China são mais propensos a adiar as compras de artigos mais caros como carros do que bens de consumo que custam apenas 100 dólares.

(Por Maria Sheahan)