Alta do IGP-M desacelera em agosto com alívio em varejo e atacado, diz FGV

sexta-feira, 28 de agosto de 2015 08:24 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) desacelerou a alta a 0,28 por cento em agosto, comparado ao avanço de 0,69 por cento em julho, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta sexta-feira, com perda de fôlego dos preços no varejo e no atacado.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que mede a variação dos preços no atacado e responde por 60 por cento do índice geral, teve alta de 0,20 por cento em agosto, ante avanço de 0,73 por cento em julho.

A desaceleração desse subíndice foi puxada pela perda de ritmo de seus três componentes. O índice de Bens Finais, por exemplo, caiu 0,76 por cento, contra alta de 0,46 por cento no mês anterior.

Já o Índice de Preços ao Consumidor, que tem peso de 30 por cento no índice geral, desacelerou a alta para 0,24 por cento, contra 0,60 por cento visto anteriormente, influenciado pela forte desaceleração do grupo Alimentação. Segundo dados da FGV, essa categoria apresentou variação positiva de 0,01 por cento no mês, contra aumento de 0,99 por cento em julho.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), por outro lado, registrou elevação de 0,80 por cento neste mês, acelerando sobre a alta de 0,66 por cento no mês anterior.

O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de energia elétrica e aluguel de imóveis.

(Por Bruno Federowski; Edição de Patrícia Duarte)