Bolsa europas caem e têm pior desempenho mensal desde agosto de 2011

segunda-feira, 31 de agosto de 2015 14:17 BRT
 

LONDRES (Reuters) - As ações europeias fecharam o mês de agosto com a pior performance mensal em quatro anos, com preocupações com a desaceleração da economia chinesa e uma possível elevação dos juros dos Estados Unidos atingindo os mercados acionários da região.

O índice FTSEurofirst 300 recuou 0,2 por cento, a 1.432 pontos, nesta segunda-feira e fechou agosto com queda acumulada de 9 por cento, no pior desempenho desde agosto de 2011. O volume de negócios foi relativamente pequeno devido ao feriado no mercado britânico.

O índice de referência alemão DAX caiu 0,38 por cento e também registrou seu pior desempenho desde agosto de 2011. O DAX está atualmente 17 por cento abaixo do recorde de alta alcançado em abril.

O índice de blue chips da zona do euro Euro STOXX 50 recuou 0,52 por cento.

O Federal Reserve, banco central norte-americano, deixou na sexta-feira em aberto a possibilidade de um aumento dos juros em setembro, apesar de algumas autoridades dizerem que as prolongadas turbulências dos mercados financeiros podem adiar o início do primeiro aperto monetário em quase uma década.

A fraqueza dos mercados asiáticos, combinada com mais volatilidade nas bolsas chinesas --que tiveram forte queda neste mês em meio a sinais de uma desaceleração da economia do país-- também pesaram sobre as ações europeias.

Os papéis do Eni subiram 1,53 por cento após o grupo de energia italiano anunciar a descoberta do maior campo de gás conhecido no Mediterrâneo, no Egito.

. Em LONDRES, o índice Financial Times não teve operações nesta segunda-feira, por feriado local.

. Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,38 por cento, a 10.259 pontos.   Continuação...