PMIs da China aumentam temores sobre crescimento chinês e mercados caem

terça-feira, 1 de setembro de 2015 07:49 BRT
 

Por Lisa Twaronite

TÓQUIO (Reuters) - As ações asiáticas ampliaram as perdas nesta terça-feira depois que duas pesquisas mostraram que o setor industrial da China está passando pela pior desaceleração em vários anos, levantando novas questões sobre a saúde de sua economia.

Às 7h36 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 1,94 por cento. O índice perdeu mais de 10 por cento em agosto, o pior desempenho mensal desde 2012, com temores do contágio global pela desaceleração do ímpeto na China.

O Índice de Gerente de Compras (PMI, na sigla em inglês) oficial da China caiu para 49,7 em agosto, ante 50 no mês anterior, marcando a leitura mais fraca em três anos.

Separadamente, o PMI de atividade industrial da Caixin/Markit registrou leitura final de 47,3 em agosto, a menor desde março de 2009.

"Recentes volatilidades nos mercados financeiros globais podem pesar sobre a economia real, e uma perspectiva pessimista pode se autoconcretizar", disse o economista-chefe da Caixin Insight Group, He Fan.

Os dados econômicos chineses acabaram afetando com força o desempenho da bolsa japonesa.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 3,84 por cento, a 18.165 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 2,24 por cento, a 21.185 pontos.   Continuação...