Levy diz que "casa" precisa ser arrumada para evitar disparada do dólar

terça-feira, 1 de setembro de 2015 18:40 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse nesta terça-feira que se a "casa" não for arrumada o país poderá enfrentar problemas, citando a disparada do dólar, ao fazer referência ao desequilíbrio das contas públicas e o envio ao Congresso de uma proposta orçamentária de 2016 com déficit.

"Evidente que se a casa não estiver em ordem é impossível crescer, é impossível ter confiança e a gente vai ver o dólar disparar", disse Levy em audiência na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara Federal. Ele afirmou ainda que a atual situação fiscal representa um desafio para o Congresso e um sacrifício para o governo.

(Reportagem de Luciana Otoni)

 
Ministro Joaquim Levy no Palácio do Planalto, em Brasília. 31/8/2015 REUTERS/Ueslei Marcelino