Dilma sai em defesa de Levy, diz que défit é ruim e não descarta CPMF

quarta-feira, 2 de setembro de 2015 13:07 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff saiu em defesa do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, nesta quarta-feira, disse que o déficit primário previsto em orçamento é ruim e não descartou a recriaçào da CPMF como forma de aumentar a arrecadação do governo e combater o déficit.

Em entrevista a jornalistas, a presidente disse ainda que não afasta nenhuma fonte de receita, neste momento de ajustes nas contas públicas e que o governo apresentará propostas ao Congresso.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

 
Presidente Dilma Rousseff durante conferência com sindicalistas em Brasília. 13/08/2015 REUTERS/Ueslei Marcelino