Crescimento empresarial na zona do euro tem máxima de 4 anos, mostra PMI

quinta-feira, 3 de setembro de 2015 07:13 BRT
 

Por Jonathan Cable

LONDRES (Reuters) - A atividade empresarial na zona do euro acelerou ao ritmo mais rápido em mais de quatro anos em agosto com a Itália apresentando sua melhor performance desde o início de 2011 e o crescimento da Alemanha se fortalecendo, mostrou nesta quinta-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

"O PMI está indicando crescimento do PIB da zona do euro perto de 0,4 por cento no terceiro trimestre, uma taxa sólida mas não espetacular de expansão", disse o economista-chefe do Markit, que compila a pesquisa, Chris Williamson.

O PMI final de agosto do Markit atingiu 54,3, superando a preliminar de 54,1 e atingindo o maior nível desde maio de 2011. Em julho o índice alcançou 53,9 e está acima da marca de 50, que separa crescimento de contração, desde julho de 2013.

O PMI para o dominante setor de serviços do bloco subiu para 54,4 ante 54,0 em julho. A preliminar havia sido de 54,3. O PMI de indústria, divulgado na terça-feira, caiu para 52,3 ante 52,4.

O PMI Composto da Alemanha avançou a 55,0 ante 53,7 em julho, superando a preliminar de 54,0. O PMI Composto da Itália subiu a 55,0, maior nível desde março de 2011.

Para mais informações, veja a matéria em inglês: