Draghi, do BCE, afirma que condições econômicas pioraram desde meados de agosto

quinta-feira, 3 de setembro de 2015 10:20 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - Os riscos aos cenários do Banco Central Europeu (BCE) para inflação e crescimento econômico pioraram desde a data de corte em meados de agosto para a elaboração das novas projeções publicadas nesta quinta-feira, disse o presidente do banco, Mario Draghi.

"Os eventos que ocorreram desde então representam um risco de piora para as próprias projeções", disse ele em entrevista à imprensa após o banco deixar as taxas de juros inalteradas.

"Os riscos aumentaram e os desafios das economias de mercados emergentes não devem ser revertidos rapidamente."

"... portanto preços mais baixos de commodities, um euro mais valorizado, um crescimento um pouco menor, aumentaram os riscos à trajetória sustentável da inflação rumo a 2 por cento."

(Por John Stonestreet)