Câmara aprova texto-base de medida que eleva CSLL de instituições financeiras

quinta-feira, 3 de setembro de 2015 13:03 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira o texto-base da medida provisória 675, que eleva a alíquota da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) cobrada de instituições financeiras para 20 por cento até 1º de janeiro de 2019, quando volta a vigorar o percentual de 15 por cento.

Aprovado por 277 votos a favor e 77 votos contra, o texto principal da proposta ainda pode ser mudado por emendas, que foram destacadas para serem votadas separadamente. Uma vez concluída a votação no plenário da Câmara, a MP segue para o Senado.

(Por Maria Carolina Marcello)