Executivo do FMI diz que existe chance crescente de acordo provisório sobre cotas

sexta-feira, 4 de setembro de 2015 11:26 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Há uma chance cada vez maior de o Fundo Monetário Internacional (FMI) fechar um acordo provisório sobre mudanças em seu sistema de cotas, disse um de seus principais executivos, Rakesh Mohan, nesta sexta-feira.

Mohan afirmou à Reuters: "É mais e mais provável que algo assim acontecerá." Ele acrescentou que uma das opções pode ser pequenos aumentos nas participações de países como China e Índia.

Isso provavelmente também teria como resultado uma redução na cota dos Estados Unidos dos 17,7 por cento, apesar de existir um piso de 15 por cento abaixo do qual esse país não pode ficar.

Cada país-membro do FMI recebe uma cota com base em sua posição relativa na economia mundial. Isso determina o compromisso financeiro máximo ao FMI e seu poder de voto.

(Por Marc Jones)