G20: dinheiro barato de bancos centrais não basta para crescimento equilibrado

sábado, 5 de setembro de 2015 12:31 BRT
 

Por Gernot Heller e David Dolan

ANCARA (Reuters) - Os líderes financeiros do mundo concordaram neste sábado que o excesso de confiança em dinheiro barato decorrente de política monetária frouxa de bancos centrais não vai levar a um crescimento econômico equilibrado, e que, à medida que a atividade se acelerar, as taxas de juros terão que subir.

A formulação do comunicado final do encontro de ministros das Finanças e presidentes de bancos centrais das 20 maiores economias do mundo ignora a pressão de países emergentes para apontar um esperado aumento de juros nos Estados Unidos como um risco ao crescimento.

"As políticas monetárias vão continuar a apoiar a atividade econômica consistente com os mandatos dos bancos centrais, mas a política monetária apenas não pode levar a um crescimento equilibrado", disse o comunicado do G20.

"Nós observamos que, em linha com a perspectiva econômica melhor, o aperto de política monetária é mais provável em algumas economias avançadas", disse o comunicado.

(Reportagem adicional de Randall Palmer e Nick Tattersall)