CEO da Fiat Chrysler diz que desejada associação com GM é "alta prioridade"

domingo, 6 de setembro de 2015 12:29 BRT
 

MONZA, Itália (Reuters) - O chefe da Fiat Chrysler Automobiles (FCA), Sergio Marchionne, disse neste domingo que uma associação com a General Motors era uma "alta prioridade" para a empresa e que uma fusão entre as duas montadoras era também a melhor opção estratégica para sua rival norte-americana.

"Essa discussão continua a ser uma alta prioridade para a FCA", disse Marchionne a jornalistas à margem do Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1.

"Nós consideramos que essa é a melhor alternativa estratégica possível para nós e para eles. A General Motors continua a ser a parceira ideal para nós e nós representamos uma alternativa não facilmente substituível para eles."

Mas Marchionne, que tem defendido abertamente uma fusão com a GM que foi rejeitada, se recusou a comentar se a FCA prosseguiria com uma oferta hostil pela sua concorrente de maior porte.

"Eu não tenho nenhum comentário sobre essa questão. Eu não sou um bom previsor do futuro quando se trata disso", disse ele.

(Por Agnieszka Flak)