Céleres estima safra de soja 15/16 do Brasil em recorde de 97 mi t

quarta-feira, 9 de setembro de 2015 09:52 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil deverá produzir um recorde de 97,1 milhões de toneladas de soja na temporada 2015/16, cujo plantio está prestes a começar, previu nesta quarta-feira a consultoria Céleres em seu segundo levantamento para a temporada.

O volume estimado representa um avanço de 1,2 por cento ante a temporada anterior, em meio a um avanço de 2,3 por cento na área plantada, para 32,2 milhões de hectares.

"A expansão de área não deverá ser prejudicada pela recente queda dos preços, tendo em vista que há compensação dos preços internos, resultante da alta do câmbio", disse a Céleres em comunicado.

No segundo levantamento para a safra 15/16, a Céleres manteve as estimativas para soja, além de previsões de safras de milho (verão) e algodão.

O plantio de milho na temporada (verão e inverno) foi estimado em 15,5 milhões de hectares, com um recuo de 2 por cento ante a temporada passada para a primeira safra e aumento de 4,4 por cento na segunda.

"Mesmo com a queda das cotações da soja em Chicago no último mês, a concorrência com a oleaginosa deve reduzir o espaço da cultura de verão na próxima safra", disse a Céleres, estimando a colheita em 30,8 milhões t, queda de 0,3 por cento em relação a 2014/15.

Já a safra de inverno foi prevista em 57 milhões de toneladas, alta de 3,2 por cento na mesma comparação.

No caso da safra de algodão, a Céleres apontou um plantio de 1 milhão de hectares, aumento de 1,8 por cento em relação à safra passada.

Com produtividade da pluma estimada em 1,62 t/ha, 5,1 por cento maior que em 2014/15, a produção deverá atingir de 1,64 milhão de toneladas, com avanço de 7 por cento sobre a produção na safra anterior.

(Por Roberto Samora)