Produção de açúcar da UE deve diminuir com queda no plantio de beterraba

quarta-feira, 9 de setembro de 2015 11:04 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A produção de açúcar da União Europeia deve diminuir neste ano comparado a 2014 após uma queda brusca nas plantações de beterraba, com rendimento menor previsto para a maioria dos principais produtores.

A França terá uma colheita menor neste ano, após agricultores reduzirem o plantio e o tempo quente e seco deste verão limitar o potencial de rendimento.

Como outras culturas semeadas na primavera, a beterraba para açúcar sofreu com as ondas de calor e seca do começo do verão, ainda que chuvas em agosto tenham trazido algum alívio para as plantas.

"A temporada de desenvolvimento começou muito bem com plantações antecipadas e um bom desenvolvimento de primavera, e então nós tivemos a seca, particularmente a leste de Paris, o que prejudicou as culturas...", disse o diretor do grupo de produtores CGB, Alain Jeanroy.

O CGB vê o rendimento médio, assumindo um teor de açúcar de 16 por cento, em torno de 88 toneladas por hectare, abaixo das 93 toneladas por hectare em 2014, mas próximo da média dos últimos cinco anos.

A Alemanha também espera uma colheita menor este ano, após a colheita recorde do ano passado, com área plantada e rendimento menores do que as do ano passado, quando atingiram níveis excepcionalmente altos, disse o presidente-executivo do grupo de indústria do açúcar WVZ, Guenter Tissen.

(Por David Brough)