Bovespa fecha em queda pressionada por Wall Street e Petrobras

quarta-feira, 9 de setembro de 2015 18:07 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou no vermelho nesta quarta-feira, acompanhando o recuo de Wall Street e puxada pela queda das ações da Petrobras na esteira do declínio do petróleo no mercado internacional.

Nem as expectativas de novos estímulos econômicos na China foram suficientes para manter o principal índice da bolsa paulista, que chegou a subir 2,3 por cento na máxima do dia, no terreno positivo.

O Ibovespa fechou em queda de 0,22 por cento, a 46.657 pontos.

O giro financeiro totalizou 6,9 bilhões de reais.

Em Nova York, o índice acionário S&P 500 fechou em baixa de 1,39 por cento, após avançar cerca de 1 por cento, pressionado pelo recuo de ações ligadas ao petróleo e recuo da Apple após anúncio de novos produtos.

Também repercutiu nos pregões nos Estados Unidos dados sobre a abertura de empregos em julho, que sinalizaram fortalecimento da economia norte-americana a poucos dias da decisão de política monetária do Federal Reserve.

Na China, o Ministério das Finanças prometeu fortalecer a política fiscal, aumentar os gastos com infraestrutura e acelerar a reforma do sistema tributário, entre outras ações.

"Essas medidas demonstram que há margem de manobra para o   Continuação...