Opep e países não membros estudam proposta de encontro sobre preços do petróleo

quinta-feira, 10 de setembro de 2015 11:13 BRT
 

DOHA (Reuters) - A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e países não membros estão estudando uma proposta da Venezuela de uma reunião de cúpula de chefes de Estado para lidar com os baixos preços do petróleo, disse o ministro de energia do Catar nesta quinta-feira.

"Os diferentes países estão estudando essa proposta e se houver uma resposta da Opep e de fora da Opep, então OK", disse Mohammed al-Sada, do Catar. "Mas estamos na fase de estudos".

Em dificuldades financeiras, a Venezuela tem pressionado durante meses por um encontro de emergência da Opep com a Rússia para conter a queda nos preços.

O petróleo Brent tem sido negociado abaixo de 48 dólares o barril, menos do que metade da cotação de junho de 2014.

O presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, disse no sábado que sugeriu a realização de uma reunião de cúpula da Opep ao emir do Catar, uma ideia que ele disse que o líder do Estado no Golfo Árabe "gostou".

Maduro também sugeriu que países não membros da Opep, como a Rússia, façam parte do encontro.

Os países do Golfo membros da Opep, no entanto, se opuseram a um encontro anteriormente e não mostraram sinal de mudança de estratégia, especialmente devido à recusa da Rússia e outros grandes países não membros do cartel em cortar a produção.

A última reunião de cúpula com os chefes de Estado da Opep aconteceu em 2007, quando os preços do petróleo caminhavam para um recorde de alta de 147 dólares o barril, atingido um ano depois.

(Por Rania El Gamal)