Demanda do consumidor por crédito cai 1,4% em agosto, diz Serasa

quinta-feira, 10 de setembro de 2015 12:41 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A procura do consumidor brasileiro por crédito retraiu em todas as faixas de rendimento em agosto, reflexo do aprofundamento da recessão da economia associada às maiores taxas de juros e menores níveis de confiança, informou a Serasa Experian nesta quinta-feira.

A demanda por crédito recuou 1,4 por cento em agosto na comparação com o mesmo mês do ano anterior, após um crescimento de 7 por cento em julho e de 10 por cento em junho. Na comparação com o mês anterior, houve baixa de 1,8 por cento em agosto.

"O aprofundamento da recessão econômica, acompanhado de altas taxas de juros e de baixos patamares dos níveis de confiança dos consumidores, impactou a retração da procura por crédito por parte dos consumidores em agosto", disseram economistas da Serasa em comunicado.

A retração na procura na comparação anual foi maior nas faixas mais baixas de renda: de até 500 reais por mês, com queda de 2,7 por cento, e de 500 a mil reais por mês, com retração de 1,7 por cento. Para os que recebem mais de 10 mil por mês, a queda foi de 1,3 por cento, enquanto as outras faixas de renda tiveram retrações menores.

O efeito foi mais sentido na região Nordeste do país, com recuo de 3,4 por cento na procura por crédito contra agosto de 2014.

(Por Priscila Jordão)