Levy diz que governo quer garantir caminhos para meta de primário de 0,7% do PIB

quinta-feira, 10 de setembro de 2015 16:06 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse nesta quinta-feira que o governo apresentou uma estimativa de déficit primário para 2016 para garantir os caminhos para atingir a meta de superávit primário equivalente a 0,7 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) no próximo ano.

Segundo Levy, os resultados virão de conversas e consultas com o Congresso Nacional e de processos com corte de despesas e aumento de receitas. O ministro disse que o país vai voltar a ser classificado como grau de investimento.

(Por Luciana Otononi e Marcela Ayres)

 
Ministro da Fazenda, Joaquim Levy, em Brasília. 31/8/2015  REUTERS/Ueslei Marcelino