Opep prevê maior demanda por petróleo do grupo em 2016

segunda-feira, 14 de setembro de 2015 09:43 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) projetou nesta segunda-feira uma maior demanda por petróleo produzido pelo grupo no próximo ano, mantendo a visão de que a estratégia de deixar os preços caírem irá reduzir a oferta dos Estados Unidos e outros rivais produtores.

O relatório mensal da Opep, no entanto, reduziu a estimativa para o crescimento da demanda global em 2016 e projetou uma desaceleração menos dramática na oferta de países de fora do cartel, na comparação com um recente relatório da Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês).

A Opep disse que espera que a demanda por seu petróleo no ano que vem fique em 30,31 milhões de barris por dia (bpd), alta de 190 mil bpd ante o relatório do mês passado, apesar de um menor crescimento de demanda em função de uma previsão mais fraca para América Latina e China.

A organização estima que países não membros vão elevar a oferta em 160 mil bpd no ano que vem, um corte de 110 mil bpd ante a previsão de agosto e uma forte desaceleração ante o crescimento de 880 mil bpd em 2015.

(Por Alex Lawler)