Índices acionários europeus fecham em alta, ajudados por Wall Street

terça-feira, 15 de setembro de 2015 14:26 BRT
 

Por Atul Prakash e Danilo Masoni

LONDRES (Reuters) - As bolsas europeias encerraram em alta nesta terça-feira, ajudadas pelo avanço de Wall Street, mas com as ações das companhias de energia alemãs RWE e E.ON terminaram no vermelho, reagindo a notícias de que precisariam reservar mais dinheiro para fechar suas usinas nucleares.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis europeus, fechou com alta de 0,85 por cento, a 1.405 pontos.

O volume de negócios foi limitado, pois investidores relutaram em fazer grandes apostas antes da decisão de quinta-feira do Federal Reserve, quando o banco central dos Estados Unidos decidirá se eleva a taxa de juros pela primeira vez desde 2006.

"A incerteza sobre a decisão do Fed continua. Se não houver aumento de juros na quinta-feira, isso pode também dar um sinal de que o Fed tem algumas preocupações sobre a saúde da economia", disse o estrategista do UniCredit Christian Stocker.

Os papéis da RWE e da E.ON caíram 3,3 por cento e 6,2 por cento respectivamente após o Spiegel Online noticiar que faltam às companhias até 30 bilhões de euros (34 bilhões de dólares) para construir um local seguro de armazenamento de lixo nuclear, como parte da estratégia de da Alemanha para abandonar o uso de energia nuclear. A E.ON, entretanto, disse que as suas provisões nucleares são adequadas.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,87 por cento, a 6.137 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,56 por cento, a 10.188 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 1,13 por cento, a 4.569 pontos.   Continuação...