Fabricante de brinquedos Estrela diz que controlador fará OPA para tirar empresa da bolsa

quarta-feira, 16 de setembro de 2015 08:27 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A fabricante de brinquedos Estrela disse que seu acionista controlador, Carlos Antonio Tilkian, decidiu realizar uma oferta pública de aquisição de ações (OPA, na sigla em inglês) para cancelar o registro de companhia aberta da empresa, segundo comunicado divulgado nesta quarta-feira.

O preço da OPA é de 0,37 real por ação para todos os papéis em circulação, que compreendem 284.955 ações ordinárias e 10.777.705 ações preferenciais.

O valor representa um prêmio de 2,8 por cento sobre o último preço de fechamento dos papéis preferenciais, que não foram negociados na terça-feira e fecharam a segunda-feira cotados a 0,36 real.

Segundo a companhia, será solicitada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) adoção de procedimento diferenciado que prevê a não realização de leilão em bolsa para a OPA.

(Por Priscila Jordão)