Aneel avalia cobrança de bônus de outorga em novos leilões de energia

quarta-feira, 16 de setembro de 2015 12:01 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Agência Nacional de Energia Elétrica poderá estabelecer a cobrança de bônus de outorga nos futuros leilões de energia, se houver sucesso do mecanismo na licitação de hidrelétricas existentes, marcada para 30 de outubro, na qual o governo espera arrecadar 17 bilhões de reais com esse pagamento, afirmou o diretor do órgão regulador, Reive Barros, no intervalo de evento em São Paulo nesta quarta-feira.

No atual modelo do setor, vencem os leilões de energia as empresas que oferecem o menor preço final da eletricidade para o consumidor, mas o modelo em teste visa arrecadar recursos para o Tesouro. Segundo Barros, há expectativa de que, além de elétricas nacionais e estrangeiras, fundos de investimento e de pensão possam também participar do certame.

(Por Luciano Costa)