Cunha diz que CPMF está "fadada à derrota fragorosa" mesmo com apoio de governadores

quarta-feira, 16 de setembro de 2015 14:47 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou nesta quarta-feira que a proposta do governo federal de recriar a CPMF está "fadada a uma derrota fragorosa", mesmo com o apoio de governadores que foram ao Congresso nesta quarta pedir apoio ao tributo com uma alíquota maior que a proposta pelo governo.

Em entrevista a jornalistas depois de se reunir com o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), Cunha também disse que analisará um pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, a ser protocolado na quinta-feira, dentro do "prazo da razoabilidade".

(Por Maria Carolina Marcello)