Moody´s rebaixa perspectiva para o setor de petróleo e gás

quarta-feira, 16 de setembro de 2015 16:26 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A agência de classificação de risco Moody´s rebaixou a perspectiva do setor de petróleo e gás para negativa, dizendo que a queda acentuada dos preços do petróleo vão pesar sobre as receitas até 2016.

Após os preços do petróleo caírem pela metade ante os valores de junho de 2014, empresas como a Shell, a Exxon e a Total reduziram seus gastos em até 20 por cento, cortando postos de trabalho e reduzindo custos.

A Moody´s disse, em um relatório, que no próximo ano serão necessários novos cortes, o que irá prejudicar o crescimento da produção das empresas no longo prazo.

O fluxo de caixa livre do setor foi negativo em 2014, como resultado de altos custos, e deverá ficar negativo em 80 bilhões de dólares em 2015, melhorando apenas ligeiramente em 2016, afirmou a agência de rating.

A Moody´s reduziu sua previsão para o preço do petróleo várias vezes desde 2014. Atualmente, espera que o petróleo Brent tenha média de 55 dólares por barril em 2015 e 57 dólares em 2016. O Brent foi negociado pouco abaixo de 50 dólares nesta quarta-feira.

A agência espera que as empresas vendam de 40 bilhões a 60 bilhões de dólares em ativos em 2015 e 2016 para melhorar fluxo de caixa após desinvestimento de 70 bilhões de dólares em 2013 e 2014. Em seu relatório, a Moody´não alterou suas perspectivas individuais para grandes companhias de petróleo e gás.

(Por Ron Bousso)