UPS enfrenta ação judicial em NY sobre carregamentos ilegais de cigarros

quarta-feira, 16 de setembro de 2015 20:14 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Um juiz federal disse que o Estado e a cidade de Nova York podem dar andamento a um processo que acusa a United Parcel Service de entregar ilegalmente mais de 683 mil caixas de cigarros, em uma sonegação de milhões de dólares em impostos.

A juíza distrital Katherine Forrest em Manhattan rejeitou o argumento da UPS de que o processo, que busca mais de 181 milhões de dólares em danos e penalidades, não alega propriamente que entregaram cigarros contrabandeados para receptores não autorizados, ou que a empresa o fez deliberadamente.

"A denúncia emendada alega que a UPS sabia que estava entregando enormes quantidades de cigarros sem marcas, sem pagamento de impostos para pessoas ao redor dos Estados Unidos, incluindo Estado e a cidade" de Nova York, escreveu Forrest na quarta-feira. "Isto é suficiente."

A UPS não respondeu imediatamente às solicitações para comentários.

Uma porta-voz do departamento legislativo de Nova York disse que a cidade está feliz de poder perseguir suas "alegações mais significantes" contra a UPS, como "parte de um esforço abrangente da cidade para deter carregamentos ilegais de cigarros".

(Por Jonathan Stempel)