Dilma faz apelo a parlamentares por manutenção de vetos com impacto econômico

quinta-feira, 17 de setembro de 2015 17:36 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff entrou pessoalmente na negociação com parlamentares para evitar que o Congresso derrube vetos presidenciais com impacto econômico, justamente em um momento em que o governo se esforça para reequilibrar as contas públicas.

Em reunião entre a presidente e líderes da base governista na Câmara na manhã desta quinta-feira, Dilma alertou sobre a necessidade de manutenção dos vetos, segundo o líder da bancada do PMDB na Câmara, Leonardo Picciani (RJ).

O apelo de Dilma foi feito sobretudo em relação aos vetos que tratam de propostas com impacto econômico, caso do que prevê reajuste a servidores do Judiciário.

“A presidente fez um alerta sobre a necessidade da manutenção de vetos, sobretudo de matérias que causam impacto econômico, impacto financeiro”, disse Picciani a jornalistas.

Há uma sessão do Congresso Nacional prevista para a próxima terça-feira para análise das negativas presidenciais.

“Nesse momento o país não suportaria a derrubada desses vetos”, acrescentou.

Segundo o líder do PMDB, deputados pediram que o Executivo os municie com dados sobre os reajustes de servidores, com estimativas de impactos e informações sobre a última reposição das categorias, além do salário médio, para que possam debater com suas bancadas.

De acordo com uma fonte que participa da articulação política do governo, a presidente Dilma também entrou pessoalmente na negociação com senadores para tentar evitar derrotas na sessão do Congresso da terça-feira.

"A presidente está recebendo um a um alguns senadores para negociar", disse a fonte, sob condição de anonimato.   Continuação...

 
Presidente Dilma Rousseff no Palácio do Planalto. 2/9/2015 REUTERS/Ueslei Marcelino