Chuvas para plantio de soja chegam ao Centro-Oeste apenas na próxima semana

segunda-feira, 21 de setembro de 2015 10:38 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Chuvas necessárias para o início do plantio de soja deverão começar a chegar ao Centro-Oeste do Brasil apenas na próxima semana, mostraram prognósticos meteorológicos nesta segunda-feira.

Oficialmente, o plantio de soja está autorizado desde 15 de setembro em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Contudo, a falta de chuvas em setembro até o momento tem feito com que poucos produtores se arrisquem a colocar as sementes no solo, uma vez que a umidade não é suficiente para a germinação.

"Depois do dia 26 de setembro temos uma frente fria que avança por parte do Sudeste e Centro-Oeste, atingindo Mato Grosso do Sul, sul de Goiás e parte sul e oeste de Mato Grosso", disse a Somar Meteorologia nesta segunda-feira em boletim.

Os dados da Somar mostram que não houve chuvas recentemente no Centro-Oeste.

"Estes últimos dias do inverno seguem sob domínio de uma grande massa de ar seco, responsável por tempo aberto e temperaturas elevadas. As chuvas ficam confinadas no sul do Brasil", explicou a Somar.

O serviço Reuters Weather Dashboard, da Thomson Reuters, aponta chuvas consistentes em Mato Grosso diariamente a partir de 28 de setembro até, pelo menos, 6 de outubro. Os acumulados médios no Estado nesse período deverão chegar a 53 milímetros.

Em Mato Grosso do Sul, as chuvas serão mais irregulares, com pancadas mais fortes principalmente em 28 de setembro, mas baixos acumulados na semana posterior.

Em Goiás, o plantio de soja está autorizado apenas a partir de outubro.

(Por Gustavo Bonato)