Ações da RSA despencam após Zurich desistir de plano de aquisição

segunda-feira, 21 de setembro de 2015 10:41 BRT
 

Por John Miller e Carolyn Cohn

ZURIQUE/LONDRES (Reuters) - A Zurich Insurance abandonou sua proposta de 5,6 bilhões de libras (8,7 bilhões de dólares) pela britânica RSA nesta segunda-feira, após prever uma perda de 200 milhões de dólares no terceiro trimestre em grande parte devido às explosões devastadoras no porto chinês de Tianjin.

Um dia antes do prazo final para a proposta sob as regras de aquisição britânicas, a Zurich disse que irá conduzir uma revisão para melhorar a performance de seu negócio geral de seguros ao invés de adquirir sua rival britânica, fazendo despencar em cerca de 20 por cento as ações da RSA.

A RSA, que está perseguindo uma estratégia de reestruturação sob a liderança do ex-chefe do Royal Bank of Scotland Stephen Hester, disse que a Zurich não encontrou nada inconveniente em suas verificações nos livros da empresa que pudesse ter frustrado o acordo.

A RSA também disse que suas operações em julho e agosto foram positivas, mas suas ações estavam sendo negociadas abaixo do valor de fechamento registrado um dia antes da Zurique informar que estava avaliando uma oferta.

A Zurich anunciou perdas agregadas de cerca de 275 milhões de dólares devido às explosões em uma estação de armazenamento de contêineres no porto de Tianjin no último mês. Ela disse que o custo final não estava definido, mas que não espera um aumento significativo nas indenizações.