Importação de açúcar pela China recua 25% em agosto com atraso de entregas

segunda-feira, 21 de setembro de 2015 12:24 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A China importou 275.703 toneladas de açúcar em agosto, queda de 24,75 por cento ante o mesmo mês do ano passado, mas operadores dizem que a redução foi causada pelo atraso na chegada de alguns carregamentos, com uma recuperação nos volumes sendo esperada para setembro.

A queda ocorre após meses de altas nas importações pela China, que deverá fechar o ano como o maior comprador global da commodity.

A China importou mais de 3 milhões de toneladas de açúcar nos oito primeiros meses do ano, mostraram dados da alfândega nesta segunda-feira, alta de 51 por cento ante o mesmo período de 2014.

Com os preços globais operando perto das mínimas de sete anos e com os preços domésticos elevados por uma projeção de queda na produção do país, importadores podem lucrar até 300 dólares por tonelada.

"Setembro será de números muito elevados, perto de máximas históricas", disse uma fonte do mercado, que pediu para não ser identificada.

As importações no próximo mês podem alcançar entre 500 mil e 600 mil toneladas, disse ele, com ajuda de cargas atrasadas de agosto.

(Por Dominique Patton)