CEO da Petrobras diz que conta com retorno de Ferreira para Conselho

segunda-feira, 21 de setembro de 2015 20:40 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente-executivo da Petrobras, Aldemir Bendine, disse nesta segunda-feira que espera que Murilo Ferreira retorne para a presidência do Conselho de Administração da companhia, tentando afastar especulações sobre a saída do conselheiro.

A licença de Ferreira foi anunciada na segunda-feira passada pela Petrobras, que não deu mais detalhes sobre os motivos naquela oportunidade.

"A gente conta com o retorno dele o mais breve possível", disse Bendine a jornalistas, ao ser questionado sobre o assunto.

"Ele não saiu, quero deixar isso bem claro, só tirou uma licença por motivos pessoais, inclusive de saúde", declarou o executivo da Petrobras, sem dar mais detalhes.

A declaração de Bendine foi feita em meio a preocupações de que Ferreira pode não retornar ao colegiado após sua licença terminar em 30 de novembro.

Ferreira, que também ocupa o posto de presidente-executivo da mineradora Vale, tem discordado da forma como estão sendo conduzidas algumas questões na petroleira.

Uma fonte próxima da situação disse nesta segunda-feira à Reuters que a volta de Ferreira dependeria de uma mudança de postura da Diretoria Executiva sobre como conduzir a companhia em um momento de crise, com preços baixos do petróleo e um dólar forte que afeta a dívida da estatal em moeda estrangeira.

Além disso, o Conselho tem pressionado a Diretoria a tratar alguns assuntos com maior transparência.

Em agosto, a Reuters noticiou que o colegiado pressionava a diretoria a apresentar os critérios da metodologia para a definição dos preços dos combustíveis no mercado interno, uma questão fundamental para a garantia da prometida paridade com as cotações internacionais.   Continuação...