Economia chinesa ainda é capaz de atingir meta de crescimento deste ano, mostra pesquisa

terça-feira, 22 de setembro de 2015 10:32 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - Focos de força na economia chinesa devem ajudar o país a alcançar a meta de crescimento para este ano, segundo uma pesquisa divulgada pelo principal instituto de planejamento chinês nesta terça-feira.

Apesar da crescente pressão sobre a economia, são esperadas altas modestas nos preços aos consumidores e do emprego durante o restante de 2015, de acordo com o documento divulgado no site da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (NDRC, na sigla em inglês).

Estas condições devem permitir que a economia chinesa se expanda 7 por cento este ano, diz.

Uma série de indicadores econômicos fracos levantaram dúvidas nos últimos meses sobre se o governo pode atingir a meta de crescimento de 2015, que pode ser a taxa anual mais baixa em 25 anos.

O documento apontou que o setor de serviços deve sustentar sua forte taxa de crescimento, enquanto o setor imobiliário também deve manter a tendência de alta.

Esses impulsos positivos de crescimento devem anular a atividade vacilante do vasto setor industrial da China, bem como o peso da recente queda do mercado acionário sobre a indústria de serviços financeiros.

O relatório diz que o consumo doméstico deve permanecer como o pilar principal a sustentar a economia, que está encarando pressões das quedas das exportações devido à fraca demanda externa.

(Por Winni Zhou e Nicholas Heath)