Wall St fecha em queda após dados fracos da indústria dos EUA e da China

quarta-feira, 23 de setembro de 2015 19:03 BRT
 

(Reuters) - As bolsas dos Estados Unidos fecharam com leve queda nesta quarta-feira, com as ações de empresas de energia e de matérias-primas liderando a queda, após dados fracos do setor industrial da China e dos EUA elevarem as preocupações com o crescimento econômico.

O índice Dow Jones caiu 0,31 por cento, a 16.279 pontos, enquanto o S&P 500 recuou 0,2 por cento, a 1.938 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq fechou em queda de 0,08 por cento, a 4.752 pontos.

O pregão foi mais uma vez volátil, com o S&P 500 tendo operado brevemente em alta após comentários do presidente da China, Xi Jinping, de que seu país é capaz de manter uma taxa de crescimento relativamente elevada por um longo tempo.

O S&P 500 acumula queda de 2,8 por cento desde quinta-feira, quando o Federal Reserve decidiu manter as taxas de juros perto de zero.

Dados mostraram que o crescimento do setor industrial dos EUA manteve em setembro o mesmo ritmo do mês anterior, permanecendo na mínima em quase dois anos, enquanto a atividade da indústria chinesa encolheu no mês para o menor nível em seis anos e meio, ressaltando preocupações com a demanda.

O índice setorial de matérias-primas do S&P recuou 2,1 por cento e liderou o declínio do S&P 500 pelo segundo dia consecutivo, seguido pelo índice de energia, que caiu 1,4 por cento.

(Por Caroline Valetkevitch)