Premiê do Japão apresenta meta de PIB de 600 tri de ienes

quinta-feira, 24 de setembro de 2015 10:20 BRT
 

Por Stanley White e Tetsushi Kajimoto

TÓQUIO (Reuters) - O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, prometeu na quinta-feira elevar o Produto Interno Bruto (PIB) em quase um quarto, para 600 trilhões de ienes (5 trilhões de dólares), prometendo reformular a economia.

Abe apresentou o plano em uma entrevista à imprensa, mas não apresentou um cronograma para a nova meta de PIB, o que pode levantar dúvidas sobre ela.

Enfrentando a necessidade de reconstruir o apoio público a 10 meses da eleição na câmara alta do Parlamento em julho de 2016, Abe disse que o foco estará em sustentar o crescimento econômico e reformar o sistema de seguridade social para facilitar o trabalho enquanto se cria crianças e se cuida dos mais velhos

"A economia continuará a ser nossa prioridade", disse Abe na entrevista, sem detalhes.

"A meta é criar a maior economia na era pós-guerra para a ajudar a tornar a vida das pessoas o melhor possível. Farei do PIB de 600 trilhões de ienes nossa meta clara."

Abe disse ainda que vai elevar o imposto sobre vendas de 8 por cento para 10 por cento em abril de 2017 como planejado, a não ser que haja grandes choques econômicos.

 
Primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, durante encontro em Tóquio.   24/09/2015   REUTERS/Issei Kato