Caterpillar reduz previsão de receita anual e pode cortar até 10 mil empregos

quinta-feira, 24 de setembro de 2015 14:48 BRT
 

(Reuters) - A maior fabricante de equipamentos para construção e mineração do mundo, a Caterpillar, reduziu nesta quinta-feira em 1 bilhão de dólares sua expectativa de receita para este ano e anunciou que poderá cortar até 10 mil empregos até 2018 diante da crise nas indústrias de energia e mineração.

A Caterpillar afirmou que espera agora que o faturamento caia pelo terceiro ano seguido em 2015, para 48 bilhões de dólares. Para 2016, a expectativa é de baixa de 5 por cento.

A companhia anunciou que vai cortar de 4 mil a 5 mil empregos até o final de 2016, mas a maioria deles em 2015. A empresa já tinha reduzido sua força de trabalho em mais de 31 mil postos desde meados de 2012.

A Caterpillar tinha 114.233 funcionários no final do ano passado, segundo dados da Thomson Reuters.

A empresa espera economizar até 1,5 bilhão de dólares por ano com a reestruturação e incorer em custos antes de impostos de cerca de 2 bilhões de dólares.

A reestruturação vai afetar mais de 20 unidades produtivas da empresa no mundo nas três grandes divisões do grupo: construção, matérias-primas e energia e transporte, informou a Caterpillar.

(Por Ankit Ajmera, em Bangalore, Índia)