Governo adia para 6 de novembro leilão de hidrelétricas existentes

quinta-feira, 24 de setembro de 2015 16:15 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Ministério de Minas e Energia adiou para 6 de novembro o leilão de hidrelétricas existentes anteriormente agendado para 30 de outubro, com o qual o governo pretende arrecadar 17 bilhões de reais, sendo 11 bilhões ainda neste ano, afirmou nesta quinta-feira a assessoria de imprensa da pasta.

A mudança visa a obtenção de tempo para atender exigências do Tribunal de Contas da União (TCU), que precisa aprovar previamente o edital da licitação, afirmou o ministério, que disse também que deverá haver alteração na configuração dos lotes de usinas a serem ofertados para os investidores.

(Por Luciano Costa)