Yellen, do Fed, retoma agenda após ter dificuldade para terminar discurso

quinta-feira, 24 de setembro de 2015 21:09 BRT
 

AMHERST, EUA (Reuters) - A chair do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, Janet Yellen, recebeu atendimento médico na quinta-feira após ter dificuldades para terminar um discurso na Universidade de Massachusetts, em Amherst, tossindo e pausando para se recompor antes de deixar o palco.

Como chefe do banco central da maior economia do mundo, Yellen, 69 anos, desempenha um papel importante na economia global.

Yellen, que estava falando há cerca de uma hora para uma plateia de 1,8 mil estudantes e residentes, pareceu se perder na leitura das últimas linhas de seu discurso sobre a inflação. Repentinamente ela falou: "Acho que vou encerrar aqui".

"A chair Yellen se sentiu desidratada no fim de um longo discurso sob luzes fortes", disse a porta-voz do Fed, Michelle Smith em um comunicado enviado por e-mail.

"Como medida de precaução, ela foi vista pela equipe médica local na Universidade. Ela se sentiu bem depois e continuou com sua agenda na noite de quinta-feira."

Um porta-voz da universidade disse que ela vai participar de um jantar, como planejado.

Qualquer questão sobre a saúde do Yellen pode abalar os mercados financeiros, nervosos com o andamento da economia global e sobre quando o Federal Reserve vai decidir elevar os juros pela primeira vez desde 2006.

No discurso, Yellen disse esperar o Fed comece a elevar os juros ainda neste ano, contanto que a inflação permaneça estável e a economia norte-americana esteja forte o suficiente para impulsionar o emprego.

(Por Jonathan Spicer e Svea Herbst-Bayliss)

 
Chair do Fed, Janet Yellen, faz uma pausa perto do fim de seu discurso na Universidade de Massachusetts, nos EUA.  Ela recebeu atendimento médico após ter dificuldade para terminar seu discurso.  24/09/2015. REUTERS/Mary Schwalm