China vê crescimento econômico constante de "cerca" de 7% no 3º tri

sexta-feira, 25 de setembro de 2015 08:44 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - O crescimento econômico da China será amplamente constante no terceiro trimestre já que o impacto da queda dos mercados acionários será limitado, disse a Agência Nacional de Estatísticas do país nesta sexta-feira.

O porta-voz da agência Sheng Laiyun também defendeu que a precisão dos dados chineses --em meio a um ceticismo generalizado--, dizendo que o ritmo de 7 por cento no crescimento do país divulgado para o primeiro semestre está "no geral, em linha com" as mudanças no poder de consumo do país, frete ferroviário e empréstimos bancários no período.

Autoridades chinesas têm tentado tranquilizar os mercados globais de que Pequim é capaz de administrar a segunda maior economia do mundo, após o choque da desvalorização do iuan CNY=CFXS e uma queda acentuada no mercado acionário que provocou temores de uma desaceleração mais aguda do crescimento.

Sheng disse que o crescimento econômico da China no terceiro trimestre não vai se afastar muito do ritmo anual de 7 por cento que Pequim divulgou para o segundo trimestre.

"Julgando a partir de indicadores de julho e agosto, nós sentimos que a tendência da economia ainda é constante, pode haver algum desvio, pra cima ou pra baixo, mas que não será grande", disse ele à imprensa.

O crescimento econômico da China continua dentro "de uma faixa razoável" e o governo será capaz de atingir a meta de crescimento anual de "cerca" de 7 por cento neste ano, apesar das pressões, disse Sheng.