Petroleiras dos EUA reduzem atividade de exploração pela 4ª semana por preços fracos

sexta-feira, 25 de setembro de 2015 19:11 BRT
 

(Reuters) - As petroleiras dos Estados Unidos reduziram pela quarta semana consecutiva o número de sondas de exploração de petróleo não convencional em atividade, mostraram dados nesta sexta-feira, em um sinal de que a continuação dos preços fracos está forçando as empresas de energia a reduzir planos de perfuração.

As petroleiras removeram quatro sondas na semana encerrada em 25 de setembro, reduzindo o total para 640, o mais baixo desde julho, após terem cortado um total de 31 sondas ao longo das três semanas anteriores, disse a companhia de serviços de petróleo Baker Hughes em seu relatório.

Combinada com a redução de sondas de gás natural, o total de sondas nos EUA estão em sua mínima de doze anos.

As sondas de gás natural tiveram queda nesta semana para 197, apenas uma acima de seu menor nível desde 1987, de acordo com dados da Baker Hughes.

As reduções ao longo das duas últimas semanas impactaram as 47 sondas de petróleo que as empresas de energia colocaram em funcionamento em julho e agosto, após algumas petroleiras seguirem com os planos de adicionar sondas anunciados em maio e junho, quando o os contratos futuros de petróleo nos EUA tinham média de 60 dólares por barril.

(Por Scott DiSavino)