Pancadas de chuva chegam a áreas de soja de Mato Grosso

segunda-feira, 28 de setembro de 2015 09:24 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Uma frente fria que avança pelo Sudeste leva umidade também para o Brasil central, provocando o retorno de chuvas para parte das áreas produtoras de soja do Centro-Oeste nesta segunda-feira, disse a Somar Meteorologia.

"Deve chover de forma isolada no centro, sul e oeste de Mato Grosso, além da parte sul de Goiás. Em Mato Grosso do Sul as chuvas são mais generalizadas", disse a Somar, em relatório diário.

O serviço Agriculture Weather Dashboard, da Thomson Reuters, aponta pequenos volumes de chuvas para Mato Grosso diariamente pelo menos até 13 de outubro, com acumulado de 14 milímetros nas próximas duas semanas.

A falta de chuvas volumosas tem prejudicado o início do plantio da safra 2015/16 no Centro-Oeste. Em Mato Grosso, onde o período oficial de semeadura começou em 15 de setembro, os trabalhos estão atrasados em relação ao ano passado.

O primeiro relatório de plantio do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), divulgado nesta segunda-feira, aponta área semeada de 0,55 por cento, ante 1,72 por cento no mesmo estágio da temporada 2014/15.

Segundo a Somar, o prognóstico ainda não é de chuvas consistentes nos próximos dias.

"Entre os dias 3 e 7, as chuvas ficam bem isoladas sobre o Centro-Oeste", destacou.

O Sul do Brasil, onde têm sido registradas boas precipitações nos últimos dias, manterá essa tendência.

"Sobre o Paraná, chove nos próximos dias. No Rio Grande do Sul algumas chuvas chegam na segunda metade da semana", destacou a Somar.

(Por Gustavo Bonato)