Crise faz Marisa Lojas encerrar operações de venda direta

segunda-feira, 28 de setembro de 2015 09:52 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Marisa Lojas informou nesta segunda-feira que decidiu encerrar operações com venda direta para concentrar esforços da empresa em negócios mais maduros e reduzir custos, diante do aumento do nível de incerteza e da deterioração do

cenário econômico atual.

A companhia iniciou a atividade de venda direta em 2012, mas afirmou que "a degradação acelerada do ambiente de consumo faz com que o retorno do projeto se torne por demasiado longo (...) A crise econômica enfrentada pelo país, sem precedentes na nossa história recente, foi fator decisivo para descontinuarmos a operação de venda direta", disse em comunicado o presidente da companhia, Marcio Goldfarb.

(Por Alberto Alerigi Jr.)