Apple tem recorde de vendas de iPhone 6S, 6S Plus no primeiro fim de semana

segunda-feira, 28 de setembro de 2015 14:36 BRT
 

(Reuters) - A Apple disse nesta segunda-feira que vendeu mais de 13 milhões de iPhone 6S e 6S Plus durante seu primeiro fim de semana no mercado, estabelecendo um novo recorde para seu principal produto.

Apesar de as vendas terem superado as expectativas de analistas de 12 milhões a 13 milhões de unidades, as ações da Apple caíam mais de 1 por cento. Isso indica que os investidores continuam descrentes que a Apple consiga superar a demanda pelo iPhone anterior, que levou a companhia a registrar o maior lucro trimestral da sua história, disse o analista do IDC John Jackson.

"Superar o que o iPhone 6 conseguiu parece pedir demais, mesmo para a Apple, que tem uma história de suplantar a si própria", disse.

O iPhone 6 estabeleceu o recorde anterior de 10 milhões de unidades vendidas no primeiro fim de semana, mas os dados não incluíam o mercado chinês, onde problemas regulatórios atrasaram a estreia do aparelho no ano passado.

Analistas já esperavam que a Apple estabelecesse um novo recorde de venda do iPhone com a inclusão da China, que deve se tornar em breve o maior mercado para a empresa.

Mas muitos analistas disseram que os números do 6s, que incluem também os Estados Unidos, a Austrália e a Grã-Bretanha, sugerem que a Apple está a caminho de elevar as vendas de iPhone modestamente ante o ano anterior.

A analista Shannon Cross, da Cross Research, disse que estava impressionada com a capacidade da Apple para atrair o interesse do consumidor em um dispositivo com melhorias relativamente modestas sobre o iPhone 6, cujas telas maiores desencadearam um frenesi de vendas.

"É um indicativo da força da Apple que você tem pelo menos tantas pessoas que querem o iPhone 6s", disse Shannon Cross.

O fim de semana também marcou a estreia do programa de atualização da Apple, que permite aos usuários receber um novo iPhone todo ano por parcelas mensais a partir de 32 dólares, independentemente da operadora.   Continuação...