Wall St cai com investidores ansiosos de olho na China

segunda-feira, 28 de setembro de 2015 19:15 BRT
 

Por Noel Randewich

(Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam em forte queda nesta segunda-feira, caminhando para o pior trimestre em quatro anos, com investidores preocupados com a saúde da economia da China e seu potencial impacto no aumento de juros norte-americanos.

O índice Dow Jones caiu 1,92 por cento, a 16.001 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 2,57 por cento, a 1.881 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 3,04 por cento, a 4.543 pontos.

Muito do estrago veio de ações farmacêuticas e de biotecnologia, depois que congressistas democratas criticaram o "grande" aumento de preços de duas drogas para o coração da canadense Valeant Pharmaceuticals International, que despencou 16,5 por cento.

O índice de biotecnologia do Nasdaq caiu 6 por cento, sua maior queda diária desde 2011, depois de ter registrado fortes perdas na semana passada, repercutindo as críticas da pré-candidata democrata Hillary Clinton a política de preços das farmacêuticas. Entre os setores do S&P 500, o de saúde teve o pior desempenho, com baixa de 3,84 por cento.

"O setor de saúde e a China estão prejudicando o mercado. É o momento de deixar riscos e não há lugar para se esconder", disse o diretor da HighTower Advisors Richard Weeks.

Os lucros das empresas do setor industrial na China caíram 8,8 por cento, segundo dados mais recentes, pressionando as ações de empresas de matéria-prima e de energia. Os preços do petróleo caíram mais de 2 por cento.

Os gastos dos consumidores dos EUA subiram mais que o esperado em agosto, dado que poderia corroborar um aumento de juros ainda este ano.