GM ampliará conectividade e serviços de compartilhamento de carros, diz CEO

segunda-feira, 28 de setembro de 2015 20:33 BRT
 

DETROIT (Reuters) - A presidente-executiva da General Motors, Mary Barra, disse que a montadora planeja novos esforços para capitalizar a conectividade dentro de carros, expandindo os serviços de compartilhamento de veículos, oferecendo mais atributos de automóveis autônomos e habilitando serviços por meio de aplicativos de smartphones.

"Nossa meta é alterar nossa estrutura e ganhar uma relação com o cliente além do carro", disse Mary à Reuters nesta segunda-feira, às vésperas de um encontro com investidores e analistas agendado para 1º de outubro.

Usando tecnologia incorporada em seus carros, disse, um cliente que possua um Chevrolet Malibu poderia entrar em um Cadillac CTS e este importar por meio de um aplicativo de celular as preferências do motorista sobre como deveria funcionar.

Seria um "um grande salto" para a GM oferecer serviços mais amplos de compartilhamentos de carros, declarou a executiva. A ferramenta de direção autônoma da GM, o SuperCruise, também usará conexões de dados de alta velocidade em carros quando lançar o produto no próximo ano.

A GM estima que de 2014 a 2018 ganhará cerca de 350 milhões de dólares antes de juros e impostos com serviços relacionados a conectividade.

Barra disse que o valor da conectividade crescerá se a GM conseguir fazer seus consumidores permanecerem com a marca durante a vida toda, fornecendo dados que podem ser usados pela empresa para ajustar características e serviços.

(Por Joseph White e Paul Lienert)