Índia corta taxa de juros mais do que o esperado

terça-feira, 29 de setembro de 2015 07:09 BRT
 

MUMBAI (Reuters) - O banco central da Índia reduziu sua taxa básica e juros para a mínima de quatro anos e meio a 6,75 por cento nesta terça-feira, ante 6,25 por cento, em um corte maior do que o esperado que pode ajudar uma economia em perigo de desaceleração, com a inflação em mínimas recordes.

Pesquisa da Reuters na semana passada mostrou que apenas um de 51 economistas esperava um corte de 0,50 ponto percentual na taxa, enquanto 45 esperavam redução de 0,25 ponto, na mesma magnitude dos três cortes anteriores neste ano.

"Não acho que fomos excessivamente agressivos", disse o presidente do BC, Raghuram Rajan, em entrevista à imprensa, explicando que a queda dos preços globais de comodistas ajudou o afrouxamento.

"Claramente isso se tratou, dada a situação da economia, de como podemos avançar", completou ele, refletindo as preocupações de que o crescimento está perdendo ímpeto.

O BC justificou a redução maior dizendo que a inflação ao consumidor deverá estar em 5,8 por cento em janeiro, abaixo da meta de 6 por cento, devido em parte aos esforços do governo para conter os preços dos alimentos. A inflação caiu à mínima recorde de 3,66 por cento em agosto.

(Reportagem de Suvashree Dey Choudhury e Rafael Nam)