Índices chineses caem 2%, pressionados por ações de commodities

terça-feira, 29 de setembro de 2015 07:37 BRT
 

XANGAI (Reuters) - As ações chinesas caíram 2 por cento nesta terça-feira, pressionadas pelos papéis relacionados a energia e commodities com os investidores da China se juntando à venda generalizada global de ações provocada pelos temores de uma forte desaceleração na economia mundial.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 1,97 por cento, para 3.178 pontos. O índice de Xangai caiu 2,06 por cento, para 3.036 pontos.

Mas o volume de operações continuou baixo-- a quantidade diária de negociações em Xangai foi de apenas um quinto do total que era negociado no pico de junho-- refletindo um humor geral de evitar riscos antes dos sete dias de feriado nacional que começam na quinta-feira.

As pesquisas oficiais sobre a atividade dos setores industrial e de serviços também serão divulgados na quinta-feira.

"Existem crescentes preocupações com a saúde da economia global --crescimento na Europa e na Ásia estão fracos", disse Zhou Lin, analista do Huatai Securities, acrescentando que um potencial aumento de juros pelo banco central dos Estados Unidos neste ano pode afetar os mercados emergentes ao levar o capital de volta aos EUA.

(Por Redação Xangai)