Desemprego no Brasil sobe a 8,6% no trimestre até julho, aponta Pnad Contínua

terça-feira, 29 de setembro de 2015 09:38 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A taxa de desemprego no Brasil subiu a 8,6 por cento no trimestre encerrado em julho, nova máxima da série iniciada em 2012, apontou a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua divulgada nesta terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No segundo trimestre, a taxa havia atingido 8,3 por cento.[nL1N1100JZ]

(Por Rodrigo Viga Gaier)

 
Candidatos preenchendo vagas para emprego em São Paulo.  11/05/2015  REUTERS/Paulo Whitaker