Vendas do setor supermercadista caem 4% em agosto sobre um ano antes

terça-feira, 29 de setembro de 2015 14:01 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - As vendas dos supermercados do Brasil caíram 4,04 por cento em agosto sobre o mesmo período do ano passado e 0,29 por cento sobre julho, informou nesta terça-feira a associação que representa o setor, Abras.

Segundo a entidade, no acumulado do ano até agosto, as vendas deflacionadas registraram baixa de 0,69 por cento sobre o mesmo período de 2014.

Diante de um cenário de alta no desemprego, inflação e juros, a entidade afirmou que o consumidor está priorizando compra de produtos de abastecimento do lar e que por isso o setor está tentando "adaptar as vendas e toda a logística de distribuição aos novos hábitos do consumidor".

"Estamos trabalhando com nossos fornecedores para ativar o consumo, especialmente em vista da proximidade das festas de final de ano, que podem trazer melhores resultados", disse o presidente da Abras, Fernando Yamada, em comunicado.

A queda nas vendas ocorreu mesmo com queda nos preços de produtos. Segundo o levantamento da entidade que compara preços de uma série de produtos, a cesta de compras teve baixa de 0,63 por cento em agosto ante julho, passando de 414,40 para 411,77 reais. As maiores quedas foram registradas por batata (-16,58 por cento) e tomate (-15,45 por cento), já as maiores altas ocorreram em produtos como pernil (5,29 por cento) e queijo prato (4,99 por cento).

Em agosto, a região que registrou a maior queda de preços foi a Norte (-1,52 por cento), seguida da região Sul, com baixa de 0,88 por cento, informou a Abras.

(Por Luciana Bruno)