September 29, 2015 / 5:29 PM / 2 years ago

Cecafé vê queda maior que a esperada na exportação de café do Brasil

2 Min, DE LEITURA

SÃO PAULO (Reuters) - As exportações totais de café do Brasil em 2015 deverão ter uma queda superior à prevista inicialmente, após a colheita no maior produtor e exportador global registrar grande volume de grãos pequenos, afirmou nesta terça-feira o diretor-geral do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé), Guilherme Braga.

Segundo ele, as exportações de café (verde e industrializado) poderão cair para cerca de 34,5 milhões de sacas de 60 kg, ante projeção inicial de aproximadamente 35 milhões de sacas, o que representaria uma queda de 5 por cento ante o volume recorde de 36,32 milhões de sacas de 2014.

"As informações que vêm da produção, de redução da produtividade, pela tamanho (menor) do grão... Acho que vai gerar uma exportação menor", afirmou Braga à Reuters, em entrevista por telefone, concedida a partir de Milão (Itália), onde ele participa de reunião da Organização Internacional do Café (OIC).

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) reduziu nesta terça-feira a previsão para a safra de café do Brasil em 2015 para 42,15 milhões de sacas, ante 44,28 milhões de sacas da projeção de junho, citando menores rendimentos na colheita e no beneficiamento.

Por Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below