Governo fará sugestão para emendas parlamentares direcionadas ao PAC e saúde, diz Barbosa

terça-feira, 29 de setembro de 2015 15:44 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, afirmou nesta terça-feira que o governo enviará uma lista das ações do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e da saúde, incluindo custeio, que poderão ser objeto de emendas parlamentares para compensar a redução do gasto discricionário nessas duas frentes de 7,6 bilhões de reais, anunciada no âmbito das novas medidas de ajuste fiscal.

Barbosa afirmou que o governo fará, com isso, uma sugestão aos parlamentares para direcionamento das emendas, se houver interesse por parte destes, para "ajudar nesse momento de travessia fiscal". A lista ficará pronta antes do dia 1º de outubro, quando começa o prazo para apresentação de emendas, que poderão ser submetidas até 20 de outubro.

(Por Marcela Ayres)